Férias em Guaramiranga

quinta-feira, 20 de julho de 2017


Oii pessoal,

vou logo avisando que o post de hoje é longo, mas ele merece. 
Quem me acompanha nas redes sociais viu que viajei essa última semana para a cidade de Guaramiranga. Inclusive fiz um vídeo mostrando algumas comprinhas que fiz para essa viagem, o vídeo está disponível aqui. 

Mas, voltando, Guaramiranga é um município do Ceará e é conhecida como a "Suíça Cearense". 
Por que? Por ser uma cidade serrana, as temperaturas no local variam entre 22° graus pela manhã e 17° à noite, com sensação de temperaturas mais baixas devido o vento super gelado.
A cidade também é conhecida pelo festival de Jazz&Blues que acontece todos os anos e trás artistas nacionais e internacionais do gênero. 
Além das atrações culturais, Guaramiranga também tem bastante atrativo natural com o pouco que restou da nossa Mata Atlântica. Os pontos turísticos mais visitados são o Pico Alto (era considerado o ponto mais alto do Ceará), a pousada dos Capuchinhos, o Mosteiro dos Jesuítas, a igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição, as trilhas disponíveis que levam a cachoeiras lindas, dentre outros.
A cidade em si se resume a algumas poucas ruas, mas cheias de história para contar.

Ficamos (eu e meu noivo) de sexta à terça, então deu tempo de conhecer bastante coisa. Nos hospedamos no condomínio Recanto das Palmeiras, indicação de uma colega minha. O condomínio fica a uns 500 metros do Centro, o que nos ajudou bastante. O local é belíssimo, muito bem preservado e ótimo pra descansar. Conta com apartamentos com e sem cozinha, que acomodam até 10 pessoas. Os valores variam de acordo com a quantidade de dias e do apartamento, mas fica entre $400 e $700 o final de semana.




A sindica do local, conhecida como Ana Lu, nos recebeu super bem. É um amor de pessoa. Nos deu todo o auxilio que precisávamos, indicou locais para visitar, almoçar, etc. Vou deixar o contato dela no final do post pra quem tiver interesse de se hospedar no condomínio também, eu super indico!


Antes de mostrar os locais que visitamos, não posso deixar de falar do restaurante do Sr. Otacílio, Divino Sabor, que fica bem de frente a praça. Homem bastante conhecido na região, mas também... é uma simpatia em pessoa. Nos tratou como clientes e amigos de anos e ofereceu as melhores refeições que poderíamos ter. Almoçamos e jantamos praticamente todos os dias lá. No almoço tem Self-service com valores entre $13 e $15 (depende do dia) e à noite o restaurante vira uma Pizzaria, pizzas deliciosas. 

Ficar próximo ao Centro nos poupou de ter que circular tanto de carro e assim aproveitar os percursos à pé, é ótimo pra você que não quer perder nenhum detalhe da cidade. Nossa primeira parada foi na Igreja de Nossa Senhora da Conceição, tem uma arquitetura muito bonita e apresenta todos aqueles aspectos de igrejas interioranas. 



Logo ao lado da praça da Igreja, encontramos os famosos sobrados de Guaramiranga, Vila Sobrados. Se engana quem pensa que eles não são habitados. Podem ser alugados para temporadas ou finais de semanas. 


Andando ainda próximo a Igreja, encontramos o Casarão dos Uchôa, que também serve como hospedagem. A família Uchôa é produtora do café Guará e a pousada é bem no estilo colonial. Tirei uma foto com um dos ícones da pousada, Gabriela a Namoradeira. 


Conhecemos também a Pousada dos Capuchinos, construída em 1935, antes convento. Hoje o local conta com recepção, restaurante, tudo para atender aos visitantes, mas ainda possui os retiros religiosos, além de grupos de oração realizados na igreja que fica logo ao lado. 



Pra finalizar esse post, visitamos também as cachoeiras da região. Elas ficam entre Guaramiranga e Baturité. Existem dois locais de fácil acesso, Recanto das Cachoeiras e Parque das Cachoeiras. Outras cachoeiras mais reservadas só são acessadas com guia e de quebra você ainda faz uma trilha bem radical. Preferimos ir no Recanto das Cachoeiras, onde ficam as cachoeiras Talyta e Perigo, por ser mais próximo de Guaramiranga. No local você paga um valor simbólico de $3 para fazer a visitação. O local é muito bonito, você fica encantando com as maravilhas da natureza.



Quem pensa que nossa viagem a Guaramiranga termina por aqui, se enganou. Fizemos uma trilha conhecida como Trilha do Café Verde, mas vou deixar pra fazer um post somente sobre isso porque é muita história para contar num post só.

Continue nos acompanhando nessa viagem!

Condomínio Recanto das Palmeiras
Ana Lu - (85) 999645678



6 comentários :

  1. Nossa esse lugar é um sonho
    que lindo

    ResponderExcluir
  2. Que ligar lindo ♥
    Já anotei na lista de lugares que quero conhecer!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Ahhh guara é o melhor lugar no Ceará pra mim. SOu apaixonada por tudo lá. que Saudades!
    www.tolinda.com

    ResponderExcluir
  4. gente, mas que lugar lindo!!
    amo essas cidadezinhas que contam histórias!

    ResponderExcluir
  5. aiii que post lindo!!! sou louca para fazer uma serie no blog e canal só de viagens....amo guaramiranga e tenho que voltar logo

    ResponderExcluir
  6. Amei o post minha linda, é que viagem maravilhosa hein, quê lugar mais lindo, já fiquei louca para conhecer.. Cada cantinho mais lindo que o outro, várias fotos maravilhosas, arrasou de verdade! 👏🏻👏🏻

    www.kamillasouza.com.br

    ResponderExcluir